Publicado em Peru

Peru – Lima – Segundo Dia 23/07/2015


Segundo dia em Lima… pensei que fosse conseguir fazer muitas coisas!!!! Só que não foi bem assim!

Acordei super cedo e para confessar todos os dias foram assim no Peru – fiquei presa ao fuso horário do Rio de Janeiro que estava duas horas a frente dos limeños.

No dia anterior eu havia visto que em Miraflores passava aquele ônibus turístico de 2 andares vermelho. Logo pensei… ele deve começar a rodar as 9 horas, vou pegá-lo e conhecerei os principais pontos turísticos. Mas o que aconteceu não foi exatamente isso e vou explicar porquê.

Stephanie queria andar de bicicleta na orla e eu disse que se acordássemos bem cedo poderíamos dar uma volta e as 9h estaríamos prontas para o ônibus turístico. Às 7:30 já estávamos tomando nosso desayuno e não sei exatamente em que momento nos atrasamos. Quando nos demos conta já eram quase 8:30 e ainda estávamos no hotel.

Resolvemos deixar o passeio de bicicleta para outro momento e fomos até o ponto do ônibus turístico na Plaza Kennedy. O ônibus não era como pensávamos… aqueles ônibus que descemos em nossos pontos de interesse e voltamos a pegar um tempo depois. Os ônibus tinham algumas rotas específicas para escolher como vocês podem ver abaixo:

Lima de dia

Lima de noche con Barranco y Chorrillos

Lima de noche con circuito del agua

E alguns outros circuitos… ou seja… não é exatamente a mesma proposta dos ônibus de turismo que já pegamos em algumas cidades que visitamos. Para vocês saberem mais sobre o ônibus e os circuitos, sugiro que visitem a página http://www.mirabusperu.com.

2015-08-09-22-55-22--344729006Q

A rota que ia ao centro histórico saía às 10:30.  Então resolvemos fazer o passeio de bicicleta e retornar mais tarde para este passeio.

Andamos até o Larcomar onde há um quiosque (Mirabici) que aluga bicicleta de diversos tamanhos a PEN 20.

Chegamos por lá ia dar 9:30 e o quiosque só abria as 10h. Fizemos uma caminhadas curtas para passar o tempo e no final o rapaz só conseguiu nos dar a bicicleta as 10:15. Resumo: o passeio no ônibus turístico babou e o passeio de bicicleta venceu.

20150723_120324

20150723_122015

20150723_122115

Depois de 1hora de pedalada e dos planos seguintes dissolvidos tive que começar a reprocessar o que fazer. Alguns taxistas me ofereceram passeios para Pachacamac (complexo arqueológico – PEN 200/250), porém este passeio dura em média 4 horas e eu havia combinado de almoçar com meu amigo Manu por volta de 14h. Não dava tempo. Para saber mais sobre Pachacamac sugiro que visite este site http://www.mysteryperu.com/por/co_lima_pachacamac.html. Como não fui, não sei se vale a pena o investimento.

Investi alguns minutos no meu livro do Peru e pesquisas no google para ver quanto tempo levava para chegar em algumas possibilidades turísticas.

Por fim escolhi ir a Huaca Pucclana pois teria por volta de 2 horas até encontrar com o Manu para o almoço. Huaca Pucclana são ruínas que ficam próximas ao centro de Miraflores. Eu fui achando que chegaria em 10 minutos, visitaria em 1 hora e antes da hora marcada estaria no hotel. Pois bem, gastei 2 horas e meia visitando este sítio arqueológico que fica no meio de uma área residencial da cidade. Não posso dizer que é um lugar fantástico mas desde o momento que virou patrimônio histórico, foi muito bem cuidado. Digo isso porque na visita guiada vocês ficarão sabendo que o sítio até a década de 50 por exemplo era muito maior e parte foi derrubado para expansão da cidade. Neste sítio arqueológico que é datado pelo período de 200 DC a 1000 DC, eram feitos cultos e sacrifícios. O local é bem cuidado e vocês poderam ver como era o trabalho do povo limeño, subir nas pirâmides (que não tem o formato de pirâmide perfeita), ver a plantação de algodão que existia na época, assim como as llamas e o perro (cachorro) pelado do Peru. A visita guiada que eu fui era em espanhol, mas o museu oferece viaita guiada em outras línguas.

Para saber mais sobre Huaca Pucclana, viste o site  Continuar lendo “Peru – Lima – Segundo Dia 23/07/2015”

Anúncios