Publicado em Argentina

MI BUENOS AIRES QUERIDA 2009-2010-2011-2012-2014-… PARTE III


Buenos Aires tem tanta coisa pra fazer que estou impressionada com a quantidade de posts que estou escrevendo de apenas 1 cidade. A princípio queria escrever tudo em um post só, mas ficaria extenso demais, pois não quero apenas colocar o nome do ponto turístico (mas se querem ter ideia do que será abordado, listamos tudo no Post I Buenos Aires.

Continuando nossa lista

6.Malba

Malba é o nome íntimo do Museu de Arte Latino Americana de Buenos Aires. Ele fica localizado no bairro Recoleta, bem próximo ao Parque de la Flor que falaremos adiante. Infelizmente não há estação de metrô próximo a ele.

Para ver a programação do Museu, acesse Malba.

7. Cemitério de la Recoleta e seu entorno

Não posso negar que é uma coisa sinistra. Mas o cemitério da Recoleta é um ponto turístico de Buenos Aires. A maioria dos turistas vão para visitar o túmulo de Evita – ou Eva Perón, primeira dama do então presidente Juan Domingo Perón. Porém no entorno do cemitério há várias atividades e eu aconselho reservar um domingo que é o dia que se pode aproveitar ao máximo esta área.

Aos finais de semana, a praça onde fica o cemitério recebe uma feirinha de artesanato e souveniers que é bem legal. Vende muitos brinquedos de madeira…é bem interessante. Aos domingos há recreação infantil e por isso eu recomendo este dia para que seja feita essa visita (claro que isso vale mais para viagem com crianças).

Bem ao lado da entrada do cemitério há o Centro Cultural Recoleta, o Museu Participativo de Ciências e a igreja Nossa Senhora del Pillar.

Para quem é fã do Hard Rock Café, o de Bueno;s Aires está localizado no shopping Buenos Aires Design que fica nesta mesma praça.

E há ainda muitos bares e restaurantes ao redor da praça.

Imagem 390

8. Puerto Madero

Puerto Madero localiza-se atrás da Casa Rosada. É a zona revitalizada do porto de Buenos Aires. Por trás da Casa Rosada vocês verão pistas rápidas (porém com sinal). Atravessando as pistas encontrarão o calçadão as margens do rio da Prata. Esta área é repleta de restaurantes que vendem a especialidade porteña: parrillada. Algumas pessoas acham que parrillada é o nosso churrasco. Mas se você quiser comer uma boa carne deve pedir um “bife de chorizo”. A parrilla consiste em um prato com os seguintes itens: morcila (chouriço), chorizo (linguiça), riñon (rim),  asado (costela), pollo (frango). Geralmente vem 1 peça de cada item que descrevi. Eu particularmente não gosto, e quando como vou no restaurante em Puerto Madero chamado Sigue la Vaca, que é um buffet, então você pega a peça que gostar.

Em Puerto Madero encontramos o Museo de la Fragata, que falamos no Primeiro Post de Bs As (Buenos Aires para os íntimos). É nesta região que encontramos também la Puente de La Mujer, Pontífica Universidad de Buenos Aires (muitas gravações de Violetta foram feitas lá – quem tem filha sabe do que estou falando!!) e o Cassino Puerto Madero.

Imagem 294

9. Parque de la Flor (Floralis Generica)

Próximo ao Malba, está o Parque da Flor. Não há muito o que fazer lá. Tirar umas fotos, deitar na grama, piquenique…

flor

10. Tierra Santa

Infelizmente não tenho mais fotos do Tierra Santa, exceto as impressas porque conheci este parque em 2009 e minha casa foi assaltada em 2010 e levaram meus computadores. É um parque bem interessante, o único parque temático religioso que ouvi falar aqui da América. Há shows de dança, teatro com cenas de passagens de Jesus,  comida árabe, além dos cenários da época de Jesus, mostrando toda sua vida. Para quem tem filhos, recomendo ir.

O Tierra Santa está localizado ao lado do Aeroparque  (AEP) e vocês poderão encontrar mais informações no site http://www.tierrasanta.com.ar/

11. Obelisco

O Obelisco é um monumento bem famoso em Buenos Aires. Ele foi projetado pelo arquiteto Alberto Prebisch (um dos principais arquitetos do modernismo argentino e autor também do Teatro Gran Rex). Ele está localizado na Av 9 de Julio (a avenida mais larga do mundo, segundo os argentinos) com avenida Corrientes. Nas esquinas próximas ao Obelisco vocês encontraram bons cafés para bater um papo.

obelisco

Falando em café, não posso deixar de comentar sobre o Café Tortoni, local fundado em 1858 por um francês chamado Touan. Podemos dizer que ele é a Confeitaria Colombo argentina e fica por volta de 6 quarteirões do Obelisco na Avenida de Mayo 825. Para mais informações, acesse: http://www.cafetortoni.com.ar/br/

12. Boca Jr

Eu particularmente não gosto de futebol, mas não podemos deixar de falar sobre o estádio do Boca Jr. Ele fica localizado no bairro da Boca, um pouco antes do Caminito, Há um museu do estádio para os amantes de futebol.

Imagem 694

13. Passeio de Barco

Fiz um passeio noturno de barco no meu aniversário de 33 anos e foi muito legal. Pegamos a embarcação perto do porto de Olivos. O barco possui dj e funciona como boate e karaokê. Novamente fui surpreendia pelas músicas do Michel Teló (lembram em Isla Uros, quando a menina cantou as músicas dele!). Soube deste passeio através da madrinha da Stephanie e encontrei agora este site http://buenosairesconnect.com/puerto-olivos-paseo/?lang=es que poderá ajudar um pouco vocês sobre este passeio diferente.

DSC05337

14. Jardim Botânico

O Jardim Botânico de Buenos Aires é gratuito e fica localizado próximo a Plaza Italia (Zoo, Rosedal, Jardim Japonês,…). É mais uma opção de passeio que a cidade oferece.

15. Zoo de Lujan

Muita gente tem como meta ir ao Zoo de Lujan quando pensa na Argentina. Eu fui uma vez em 2009 e não tive vontade de voltar. Ele é bem afastado da cidade, fica no meio da estrada literalmente e quando eu fui, acho que ainda era melhorzinho. Tenho diversas lembranças sobre este zoo. A primeira é que foi a primeira e única vez que andei de camelo que é bem legal, mas pelas fotos que tenho visto as pessoas postando, não tem mais esse passeio. Fiquei super chateada porque naquela semana o elefante estava indisponível para passeio e por isso não tive a oportunidade de montar no elefante. Os leões parecem ou melhor, estão drogados, o que é bem deprimente.

Outra lembrança que tenho bem forte são dos gansos selvagens correndo atrás de mim, da Stephanie e da Maria. A sorte foi que apareceram galinhas para nos defender – Stephanie ficou apavorada  – ela tinha 4 anos na época!

No Zoo de Lujan tem uma mini fazendinha que é legalzinho – nada demais.

As acomodações para comer eram bem precárias. Não recomendo, mas acho que é um lugar que todo mundo quer ir uma vez e depois que vai, não tem vontade de voltar.

Para chegar no Zoo de Lujan, há ônibus na Plaza Itália, no mesmo local do ônibus para o Temaiken (este eu recomendo!!)

Anúncios
Publicado em Argentina

MI BUENOS AIRES QUERIDA 2009-2010-2011-2012-2014-… PARTE II


Continuando o Post Anterior de Buenos Aires, vamos ver alguns pontos turísticos de Buenos Aires, como chegar e dicas sobre eles. Então vamos lá!

1.Casa Rosada

A Casa Rosada, localizada em frente a Plaza de Mayo (a Plaza das manifestações portenhas) está localizada muito próxima a calle Florida (próxima dica!). Se você estiver hospedado no Microcentro, fatalmente estará próximo a estes pontos. Se não estiver, é muito fácil chegar. Várias estações de metrô estão ao redor desta praça: Catedral (D – linha verde), Plaza de Mayo (A – azul clara), Bolívar (E – roxa), Florida (B – vermelha).

No entorno da Plaza de Mayo encontramos vários prédios importantes de Buenos Aires: Palácio do Governo, Museo Histórico Nacional del Cabildo, o prédio do Banco Nacional da Argentina, o museu da Receita Federal e a Casa Rosada.

  Imagem 227

Na Plaza você encontrará muitos pombos ou palomas em espanhol e alguns vendedores de milho para as crianças jogarem para os pombos (muito cuidado!!! rs).

Imagem 220

Eu indico um passeio por esta região aos finais de semana, pois a Casa Rosada fica aberta a visitação (visitas guiadas e gratuitas!). Lá você verá um pouco da história da Argentina e belas obras de artes.

    DSC05180

2.Calle Florida

Esta rua é o centro do comércio turístico de Buenos Aires. É quase uma rua Buenos Aires, rua Uruguaiana ou coisa similar ao Saara do Rio de Janeiro em questão de ser uma rua de comércio. Não acho que venda porcarias como o Saara. Você encontrará nesta rua muitas lojas de couro, muitas lojas de bijouteria, muito câmbio negro (e legal também!), muita gente vendendo passeios turísticos, a Galeria Pacífico (não sei porque ela entrou como item 20 da minha lista de pontos turísticos – mas vou falar sobre ela aqui e colocar o item 20 San Telmo que eu esqueci de apontar!). A Galeria Pacífico é um tipo de shopping Village Mall onde há marcas caríssimas, boa para os olhos e ruim para o bolso!

A primeira vez que fui a Buenos Aires vi muito mini show de tango nesta rua. Não sei se porque agora é cada vez mais raro eu passar por lá, mas não tenho mais esse link tão forte de lembrar da calle Florida e associá-la a mini show de tango gratuito pela ruas.

3. Plaza San Martin

A Plaza San Martin se localiza ao final da calle Florida. É uma praça normal, na verdade bem grande, onde as crianças podem correr e brincar. No verão já vi vários porteños tomando banho de sol sobre as gramas trajados de biquíni e sunga. Não sei se vocês viram uma exposição que passou no Rio de Janeiro ‘Ursos pelo Mundo” – Buddy Bears – A Arte da Tolerância, mas eu tive a oportunidade de conhecer esta exposição na Plaza San Martin.

A Plaza San Martin leva no meio dela uma bandeira da Argentina, e depois de conhecer alguns outros países (Chile e Peru) – conheci outras Plazas San Martin e fiquei curiosa de saber que foi San Martin. Descobri que ele foi um general que nasceu na Argentina e contribuiu para a independência da Argentina, Chile e Peru e foi o primeiro presidente do Peru.

Imagem 340

A Plaza San Martin é também o ponto inicial para o ônibus turístico de Buenos Aires que farei comentários posteriormente.

4. Show de Tango

Posso dizer que é praticamente uma vergonha, mas apesar de ter ido a Buenos Aires 7 vezes na vida, só fui a um show de tango na minha penúltima visita. Não sei dizer porque não tinha ido antes. Eu fui a vários espetáculos de teatro mas demorei a ir a um de tango. Acho que foi porque vi tantas apresentações na rua que acabei não indo a um espetáculo. Acho que vale muito a pena. O que ouço dizer que é o melhor é o Señor Tango que fica no bairro Barracas. Para assistir este show, recomenda-se que compre os ingressos com antecedência pois os espetáculos lotam. Para saber mais sobre o espetáculo do Señor Tango, acesse o site http://www.senortango.com.ar/.

É meio vergonhoso mas não lembro o nome do teatro em que vi o espetáculo, Lembro-me que ele fica no Microcentro e que comprei os ingressos pelo grupon da Argentina. Fui no meu aniversário de 33 anos com vários amigos e gostei muito. Antes do espetáculo a casa ofereceu aula de tango (1hora de aula eu acho), jantamos e vimos o espetáculo.

Vou abrir aqui um subponto que não listei de uma coisa que já fiz em Buenos Aires e que gostei! Noite de salsa com aula de salsaFui a uma casa de Salsa na Av Corrientes na altura de Abasto (não é longe do Microcentro!) chamada Azucar Salsa (http://www.azucarsalsa.com/principal.php). Durante a noite toda tem professores e você pode chamá-los para dançar com você. É muito legal, muito diferente!

5.Caminito

Para finalizar este post vou falar de mais um ponto imperdível de Buenos Aires que é o Caminito. Sabe aquelas fotos super coloridas que vemos de Buenos Aires? É o Caminito. Lá  você encontrá bares, restaurantes, muitas lojas de souveniers, muitos artistas tanto pintores quanto dançarinos (de tango, lógico!).

O Caminito está localizado no Bairro da Boca, um pouco depois do estádio do Boca Jr (não recomendo ir a pé de um ponto a outro). Não há metrô para este bairro. Já ouvi várias histórias de brasileiros assaltados no bairro da Boca. Mas tenho uma informação muito boa para vocês: os argentinos de modo geral não roubam – não há aviso isto é um assalto. O que acontece são furtos, portanto muito cuidado com bolsas e bolsos porque mãos podem passar sem que vocês percebam. Os assaltos são sem atos violentos, o que para mim ao menos é uma grande vantagem.

Para ir ao Caminito há 3 opções: ônibus Boca Olivos (descer no ponto final), ônibus turístico (opção cara, visto que os táxis são baratos), táxi.